Home

 
 

     Release | Album | Vídeo | Contatos


Primeiramente um grande abraço a todos pra mim é um grande privilégio pode louvar e engrandecer o nome de Deus, pode ser um instrumento em suas mãos. Desde pequeno sempre gostei muito de cantar e já aos 15 anos de idade em 2002 passei num teste para cantar num grupo que cantava profissionalmente o MusiSon um grupo misto, onde tive o privilégio de conhecer pessoas maravilhosas a qual nunca vou me esquecer, com o MusiSon tive a oportunidade de conhecer novos músicos, grupos e quartetos nos festivais que participamos, foi aí que eu conheci o Praise Six atual Praise 4, que por um acaso estava a procura de um baixo isso foi em 2005, fiz um teste (muito rigoroso por sinal, os camaradas cantam Take 6) e pode ter certeza o Preise foi uma escola pra mim aprendi muito com Irley Santos e toda a galera do Praise. Fiquei aproximadamente dois anos e infelizmente por motivos maiores tive de sair justo quando estávamos gravando um trabalho (já havíamos gravado cerca de 3 musicas). Fiquei parado por um tempo e retomei o ministério em 2011 pretendendo apenas cantar solo com banda ao vivo e assim estou atualmente, pretendo gravar o primeiro projeto e já temos cerca de 12 musicas prontas só aguardando a melhor oportunidade. Agradeço primeiramente a Deus pelas bênçãos e dons, agradeço também a todos os amigos, familiares e em especial minha noiva Jéssica que sempre me apoio.  

Lagrimas no céu

 

Ontem sonhei com o céu,

A nova Jerusalém eu vi,

Mansões tão lindas

Que as palavras me fogem

Ao tentara descrevê-las em seu esplendor.

Foi quando vi bem ali um homem a chorar,

La no céu ouvi que pranto não haverá.

Perguntei o porquê do chorar.

Disse-me:

 

Filho, estou esperando voltar

Aqueles que criei com as minhas mãos

P´ ra comigo andar, em minha presença estar,

Pra morar-mos juntos neste país que criei

Com amor pra ti.

 

Quando abri os olhos,

Senti uma lagrima rolar.

Será que sou eu quem o faz chorar?

Será que sou eu quem não quer voltar ao lar?

 

Obs: A parte em azul não está no vídeo

 

Senhor me perdoe por não ver

Que sou eu o culpado por não querer entender,

Que eu fui criado p´ra ao seu lado estar,

Senhor nada tenho nada a Lhe oferecer,

Mas hoje eu quero lhe entregar meu viver.

 

Pai eu estou pronto pra retornar

Pros seus braços de amor, que do barro me formou

Pra com Tigo andar, e em sua presença estar,

E enfim morar-mos juntos neste país que criou com amor p´ra mim.