Confira a entrevista com o Músico, Compositor e Cantor, (instrumento Violão) Ecologia & Bossa Gospel, Paulo Pinheiro: GMC: Fale sobre seu projeto "Bossa Gospel" O projeto Bossa Gospel partiu da paixão que eu tive pelo estilo quando ouvi pela primeira vez a música trocando em miudos do Chico Buarque na voz de Emilio San Tiago, então me despertou interesse de produzir um disco Brasileiro com toda influência da Bossa Nova, e não me arrependi, me sinto realizado. GMC: As homenagens de 50 anos de Bossa Nova que esta acontecendo em muitos lugares do Brasil e fora do Brasil podem influênciar seu trabalho no mercado Gospel? Sim, com certeza, pois isso desperta muitas pessoas e até gerações que não tem o conhecimento do estilo musical, eu por exemplo, sabia que existia Bossa, mas nunca tinha parado pra ouvir na íntegra e quando isso aconteceu foi paixão certa e pra vida toda, rsrsr... Então pode sim, as pessoas estão sempre pronta a abraçar as novidades principalmente por influência da mídia e as homenagens aos 50 anos tem despertado curiosidades, eu pude observar isso na bienal do ibirapuera onde teve a exposição. GMC: Vocé é compositor da maioria das músicas. Como é o processo de composição das músicas, quais suas inspirações? Na verdade sou o compositor de todas as minhas gravações, letra e melodia, este processo de composição é muito estranho, estranho mesmo, pois algumas letras é quase como um parto pra sair, já outras parece que o sub consciente já tem ela pronta, então vou escrevendo quase sem fazer rascunho como a historia do chorinho que é a musica (Era Domingo) por exemplo, que escrevi em 10 minutos, porém, existem outras que a melodia vem primeiro e achar uma boa letra é sempre um desafio, depende muito do momento que vivo pra sair sentimental, meio irônico ou romantico, mas todas letras retratam do amor de Deus em minha vida, mas normalmente a melodia que me desperta na hora escrever, pois na Bossa é a melodia caracteriza o estilo, mas nem tudo fica Bossa, as vezes a melodia sofre outras influencias e ai ela se forma diferente, mais desde que fique bonito, tudo bem, rsrsr... GMC: Qual o maior desafio de um músico que se propõe a adorar a Deus através da bossa nova? O maior desafio é ser compreendido, as pessoas não tem nenhuma cultura musical nas igrejas existem aqueles que são capaz de julgar uma música pela letra e nem passa pela sua cabeça que musica é: melodia, harmonia e ritmo, pois a letra é poesia parte da literatura, podendo ser de louvor, adoração ou reflexão com uma mensagem de amor que considero ser o meu caso, pois a minha mensagem que contribuo no evangelho tem perfil evangelístico, bem mais do que louvor e adoração. GMC: Qual sua visão sobre o crescimento e qualidade da música gospel no Brasil? Tenho boas perspectivas de crescimento de qualidade e de volume cultural também, porque com o crescimento do mercado gospel e do evangelho, que considero ser duas coisas diferentes o número do perfil cultural também cresci e isso faz com que as pessoas busquem algo de novo. A nova geração sempre esta disposta as novas tendencias, os veteranos já buscam uma fase de vida que retratam suas lembranças de uma bela historia do passado e a Bossa Nova lhe propoe isso, tem lugares eu canto e as pessoas me abraçam agradecendo a oportunidade de relembrarem tudo isso. -Afinal quem é mais romantico do que o tempo né? GMC: Deixe uma mensagem para os internautas do Gospel Music Café. Devemos ter nossa vida com Deus num propósito definido, sem interesses materiais de forma que: O que temos é Deus que nos dá, o que perdemos é Deus que nos tira, se viver somos de Deus e se morrer também, o resto não importa pois devemos confiar que ele esta no controle. Ping Pong Nome: Paulo Pinheiro Nasc. 05 de Dezembro onde mora: Diadema - SP estado civil: Solteiro Prato preferido: Peixe e Churrasco O que nao pode faltar em casa: Amendoim cantor nacional: João Alexandre cantor internacional: Jorge Benson Musica preferida (outro cantor): Desafinado Musica preferida (sua): Pra Todo Sempre Os melhores programas de TV: Sesc Brasil Os piores programas de TV: Faustão Uma qualidade: Gosto de coisas bem feitas Um defeito: Meio intolerante Um hobby: Internet Uma pessoa que não esquece e Porque? Jefferson Cardoso foi meu professor e arranjador Sonho realizado: Meu escritório e meu disco Sonho não realizado: Sucesso no trabalho musical Um fato marcante: Quando Deus me livrou da depressão... nunca mais tive isso! setembro / 2008