Confira a entrevista com o cantor carioca Filipe Máximo que acaba de lançar seu CD, que mescla pop rock com o clássico do louvor e adoração em letras que ele define como “mensagens para cura interior”.
 
GMC:  Como começou sua história com a música? 
Aos 07 anos de idade com muita vergonha era convocado pela minha vó Lais a cantar no coral de crianças da igreja que congregava junto com minha família, aos poucos a inibição foi sendo deixada de lado e na adolescência jã fazia parte do ministério de louvor desta igreja e com o tempo gravei meu primeiro trabalho na Banda Hope e pude ministrar em diversas cidades do Brasil, era um grupo vocal que de acordo com as características de seus vocalistas mesclava pop/soul. Após esse período tive a honra de participar como back vocal do cd compromisso do grupo ellas e outros cantores do meio evangélico. Em 2007 gravei meu primeiro cd entitulado " vem cear" que ficou durante 1 mês em primeiro lugar na rádio melodia 97, 5 fm no RJ e na rádio 107 fm em BH, além de outros estados no Brasil a qual a música era executada. Após 7 anos, isso mesmo em 2014 entendendo ser um direcionamento de Deus gravei o cd " Amor sem igual" e até então tenho conciliado minha carreira profissional de farmacêutico na área de cosméticos e ortopedia com o ministério que tanto amo.

GMC: Você  compõe? 
Sim, e tenho me aprofundado para quem sabe no terceiro CD, se Deus permitir, já estar tocando e ministrando que é um grande sonho. Será maravilhoso e com certeza é um grande sonho. 

GMC: Que estilo musical que melhor define este trabalho? 
Pop/Rock adoração

GMC: Quais as novidades que pode nos contar sobre este novo projeto seu CD "Amor sem igual"? 
Esse trabalho foi feito sob muita oração e direcionamento de Deus, pelo fato de ter crescido em maturidade com Deus e passado por experiências na vida que me fizeram evoluir muito espiritualmente e como ser humano o cd amor sem igual veio para me mostrar que Deus tem um tempo para tudo e principalmente um amor sem igual por aqueles que se aproximam Dele. Neste cd juntamente com o produtos marquinhos xavier fizemos questão de escolher cada composição e lógico de criarmos uma versão para a música que tanto amo que é a " I give myself away" cuja versão que criei se chama " Eu me rendo a ti", outro louvor que toca muito ao meu coração quando estou ministrando em eventos é " Olhos não viram" do cantor e compositor Anderson Freire, inclusive essa música já é sucesso na rádio 107 fm em Belo Horizonte e em breve estaremos realizando uma mini turnê na capital mineira que tanto amamos, no nosso primeiro cd divulgamos bastante lá e agora não poderia ser diferente.

GMC: Quem são suas inspirações na área da música? 
Por incrível que pareça o meu gosto é um pouco eclético e por isso fica difícil direcionar um só artista, mas admiro o trabalho musical  e a vida espiritual de algumas pessoas que tive a honra de conhecer que são  Pr. Antônio Cirilo, Ministério Fluir de BH, Rosa de Saron, Robson Nascimento, Pra. Ludimila Ferber e alguns cantores e ministérios do exterior como Jesus Culture, Jeremy Camp, Jesus Adrian Romero dentre outros.

GMC: Como é conciliar a carreira de farmacêutico com a de ministro de louvor? 
Meus familiares e minha esposa diz: nossa!!! Como você aguenta??? E digo quando se faz aquilo que ama o aparente esforço para quem está de fora, é na verdade um refúgio, ou melhor um descanso cantar e ministrar quase todos os dias para diferentes pessoas que estão passando por problemas que Deus sabe, seja um divórcio iminente, drogas, prostituição, ministério destruídos, enfim só de saber que quando vou ministrar tenho essa oportunidade de viver aquilo que canto e abrir minha boca e ser benção na vida de alguém, já posso ter certeza que sou um vencedor e escolhido por Deus.

GMC: Qual a comparação que você pode fazer entre ser pai e o seu ministério? 
Só pude compreender um pouco do que Deus sente por nós quando nasceu meu primeiro filho Rodrigo em 2009 e há 1 mês nasceu minha filha Sofia, Deus é tremendo!!! Quando estou com meus filhos no colo e eles estão dormindo fico somente acariciando-os e pensando em como somos dependentes de Deus e verdadeiramente podemos descansar Nele, pois Ele só quer o nosso bem.

GMC: Na sua vida ministerial você se arrepende de alguma coisa? 
Acho que tudo é permissão de Deus, mas com certeza no inicio dessa caminhada ministerial até pela pouca experiência fui mal assessorado e por vezes a ansiedade tomou conta e dei passos maiores do que podia e tive que pagar por isso.

GMC: Você fez um trabalho em presidios e comunidades no Rio de janeiro , conte-nos um pouco sobre essa experiência? 
O trabalho em presídios digo que foi um divisor de águas em minha vida e até hoje sempre que posso evangelizo junto com alguns pastores em presídios no RJ, irmãos detentos que adoravam ao senhor jesus com todas as suas forças e nos entregavam fotos de suas famílias para orarmos. Lembro-me que uma vez um irmão detento me mandou uma carta pedindo um presente, que era o playback do cantor marco aurélio para louvar na congregação que existia no presídio. No morro da mangueira fui durante 1 mês interprete de americanos e lá pude ver realmente o agir de Deus de forma tremenda e o principal vidas salvas que estavam desesperadas por Deus e só queriam ouvir uma palavra ou até mesmo o plano de salvação.

GMC: Por que essa demora em gravar um novo CD? 
Acho que foi excelente esse tempo, pois pude me conhecer e ouvir nesse intervalo de 7 anos Deus dizendo sim, filho agora pode gravar. Estava pronto para não gravar também, até porque hoje sobrevivo do meu salário como farmacêutico e as saídas do ministério são para pagar o custo da banda e dos gastos de divulgação e trabalhos missionários.

GMC: Qual seu maior sonho ministerial ? 
Pela visão que Deus tem nos dado, seria iniciar um trabalho social com o ministério, porém tenho orado pedindo um direcionamento de Deus para isso e Ele tem falado para aguardar. Lógico , quem sabem um dia a gravação de um DVD, mas com qualidade e uma baita produção. Enfim, Deus é quem sabe enquanto isso continuo caminhando com o ministério, minha esposa e filhos. 

GMC: Você que teve a experiência de viajar para outros países profissionalmente e com o ministério, o que você achou de diferente do evangelho no exterior do pregado no Brasil? 
Em alguns países que estivemos o evangelho precisa ser expandido de forma rápida, pois com certeza o Islamismo tem crescido bastante no mundo e em alguns países que estivemos , tais como China, Alemanha, Inglaterra, USA e em breve se Deus quiser iremos realizar um trabalho missionário em Moçambique que há tempos nos convidam e estamos pretendendo no inicio de 2016 estar nesse país que tem uma história de colonização bastante triste. Os planos são muitos, mas o efetuar é de Deus.

GMC: O que você gosta de ouvir nas horas vagas e que dicas de CDs você poderia dar para os leitores do Gospel Music Café? 
Gosto de ouvir Jesus culture, Robson Nascimento, Thalles Roberto que tem vindo com uma concepção de tudo que temos visto no meio evangélico e acho muito legal essa autenticidade.

GMC: Deixe um recado para os usuários do portal Gospel Music Café. 
Que Deus possa ser o primeiro lugar em sua vida que com certeza as demais coisas serão acrescentadas. Deixo para reflexão o Salmos 37: 04 " Deleita-te no Senhor e Ele atenderá os desejos do teu coração.


CONTATOS: (21) 99804-60-14 (Vivo) WhatsApp
e-mail:maximoemadoracao@gmail.com
Facebook - Fan page: Filipemaximoadorador