GMC: Quem é Clebinho Rodrigues?
Um cara simples, de raízes humildes, temente a Deus, esposo, pai e filho.

GMC: Como foi seu início na música, especificamente na área de Ministério de Louvor ? 
Iniciei cantando na igreja, meu pai Jorge Rodrigues e minha saudosa mãe Zelina Rodrigues nos passou esse legado musical. Meu pai tem 5 discos gravados e isso com certeza me motivou na estrada musical. Desde bem pequeno, desde que me entendo por gente sou envolvido com a música, cantando, tocando instrumentos, regendo coral jovem e liderando ministério de música.

GMC: Quais as expectativas para o lançamento do seu novo álbum “Corintios 13”? 
As espectativas são as melhores possíveis, pois foi tudo feito com mto amor e carinho, espero que essa alegria com que foi feito o projeto alcance o coração das pessoas. Não há em meu coração nenhuma pretensão maior que a satisfação de que o CD atinja o  propósito essencial que é ver pessoas tendo boas sensações e reflexões do seu modo  de viver ao ouvir meus sambas.

GMC: E quanto às canções? Como foi o processo de seleção do repertório? 
Então...foi um processo muito prazeroso pois a maioria das músicas são de parcerias com pessoas incríveis e que já fazem parte da minha história musical como: Octávio Arcanjo (Tavinho), Salomão Rocha (Salomão do Reggae) entre outros. Quando pensei em gravar esse disco as músicas foram feitas e preparadas para esse projeto, e fazer a seleção foi maravilhoso!

GMC: Qual ou quais músicas você destaca neste trabalho? 
Eu sou suspeito em falar, pois sou o pai da criança e pra pai não existe filho feio... rs, eu gosto das nove, mas tem duas que eu curto bastante que é a Música "Coríntios 13" e a Música "Paz" são canções que falam muito ao meu coração.

GMC: Fale sobre seu projeto "Samba no Reino". 
Samba No Reino nasceu inspirado num sonho evangelístico, participei de um grupo chamado "Herdeiros da Promessa" o qual sou devedor de muito amor e carinho. nesse período fui muito bombardeado (no sentido máximo positivo da palavra) por ações missionárias e evangelisticas, fizemos muitas coisas boas juntos, viajamos pra Bahia e vários outros lugares cantando o amor de Jesus através do Samba. Um tempo depois saí e segui na mesma visão pois o tempo de aprendizado com os irmãos do "Herdeiros Da Promessa" me capacitou e gerou fruto que é o Samba No Reino. Com o Samba No Reino tocamos em praças, fazemos roda de samba com feijoada 0800 e também tocamos em diversas congregações, sempre levando Jesus e alegria que já nos é peculiar.

GMC: Vocês tem investido em vídeo clipes? Como você enxerga esta ferramenta dentro do seu ministério? 
Os amigos dizem que sou multimídia, rs, que promovo bastante através das redes o que faço. Vejo como uma estratégia forte para o avanço do evangelho e da arte de modo geral, sou adepto e curto muito esse universo.

GMC: Como você tem tratado sua identidade visual na web e nos meios de divulgação em geral? 
Trato da melhor forma possível e com toda responsabilidade, pois aquilo que pode nos servir com o bem também pode ser nocivo. Hoje procuro sempre com muito cuidado mostrar o que sou. A minha identidade visual na sua essência é o que eu sou.Não quero passar através das imagens o que não é, com esse olhar que trato da minha identidade visual. E se você puder bancar profissionais que auxiliem nesse particular sem que descaracterizem a sua essência vale a pena. Digo essência de princípios corretos e relevantes para uma vida íntegra.

GMC: Um CD é lançado hoje e quase que de forma simultânea, o mesmo já esta disponível na internet para download. Isso sem falarmos nos CDs piratas vendidos nas ruas e esquinas da cidade. Na sua opinião, como esse "mercado cinza" interfere nos seus planos? 
Bom, hoje vejo como algo horrível essa prática da pirataria, infelizmente parte do princípio de um coração já inclinado para a corrupção, não só de quem faz a prática ilegal mas de quem financia essa prática comprando os produtos. O ser humano quer se dar bem, mesmo tendo a consciência de que está errado mas se muitos estão ganhando em detrimento do benefício se calam diante da ilegalidade, é a influência da "Ética Utilitarista" queremos sempre saber "como" e não "por que"? O combate a pirataria deve vir da base, da família, passando pela educação e também pelos meios de comunicação em massa. Quanto a interferir nos meu planos não penso que irá pois se os meus planos estiverem alinhados com os de Deus nenhuma prática ilegal irá frustrar o percurso desse projeto alcançar seu objetivo maior que é tocar corações!

GMC: A cada dia vemos crescer o uso de meios eletrônicos, como o Twitter, o Instagram, Facebook, Youtube, entre outros, para divulgação do trabalho. O que você acha dessas novas opções de mídia? 
Penso que é excelente! Com essas ferramentas nao temos que lutar tanto para chegar do outro lado do mundo como fizeram grandes artistas quando na sua época não podiam contar com esse avanço tecnológico... De fato tiveram que ser bons!!! Penso que essas ferramentas tem ajudado a muitos que antes estavam no anonimato ou restrito só no seu metiê a vislumbrarem novas oportunidades e também de serem descobertos.

GMC:  Deixe um recado para os usuários do Gospel Music Café: 
Meu recado é que você possa visualizar tudo e reter o melhor do que tens visto, Paulo já deu esse recado a um tempo atrás, penso que o equilíbrio e a fé em Jesus nos torna pessoas com um poder incrível de levar outras pessoas a também se despertar pra essa realidade. Vamos viver a vida e acima de tudo com muita alegria pois quem Samba No Reino segue feliz pra eternidade!.