Confira a entrevista com a Tia Cecéu (Maricéu Iglesias), que desde 1988 vem dedicando seu tempo e trabalho para as crianças. 

GMC: Quais as novidades do seu novo projeto "Achados e Perdidos", pela Gravadora Novo Tempo, para o dias das Crianças? 
Achados e Perdidos é mais um sonho realizado com a ajuda de Deus. Cada CD e DVD vem com novidades. Nesse trabalho procurei focar três histórias importantíssimas da Bíblia sobre a Moeda Perdida, A Ovelha Perdida e também o Filho Pródigo. São histórias bem conhecidas das crianças, mas muitas vezes não paramos pra pensar na figura principal que é Jesus. Ele está sempre pronto a nos buscar, nos socorrer, a nos abraçar e nos receber novamente. Ele também não faz diferença e nem escolhe as pessoas. Ele recebe a todas. Baseado em experiências da minha infância também, procurei mostrar que quando perdemos alguma coisa, Jesus está sempre pronto a nos ajudar a encontrar o que perdemos. Coisas simples e corriqueiras da vida, mas que para a criança é muito importante. Temos a participação dos bonecos que já me acompanham por muitos anos, Cidinha, Aristarco, Zédi, Chulé e não poderiam faltar o Professor e o Cientista que já participaram do DVD 3 Existe um Deus. O DVD contém 8 clipes e o cd 12 músicas inéditas. Um trabalho bem especial pra mim, pois foi todo produzido por meus filhos, Lucas no roteiro e toda logística do trabalho, Gabriel na produção do cd e o Felipe na arte de desenhos e animação. Não poderia faltar também composições de grandes amigos que me acompanham há muitos anos, como Fernando Rochael, Cristiane Rocha, Gabriel, Lucas e Fernando Iglesias e agora novidades como Sheep, Sheep Zuzu de Daniel Salles, e composições também de Joyce Carnassale e Felipe Veiga

GMC:  Como começou sua história com a música?
Minha história começou muito cedo. Desde a infância canto na igreja, comecei a aprender piano com 11 anos, que era a minha maior paixão. Cantava com minhas irmãs no quintal da minha casa e toda a rua ouvia a nossa cantoria. Me lembro até de que na frente da nossa casa tinha um depósito de açúcar e quando começávamos a cantoria, os funcionários sentavam na guia da calçada pra ficar nos ouvindo. Aprendi muito com meus pais e principalmente com meu avô que tocava violão e me ensinou as notas musicais. Ele era o meu maior incentivador e tocava pra eu cantar. Graças a Deus tenho uma família muito musical e nunca parei de cantar.  A música faz parte da minha vida e graças a Deus tem sido parte da vida dos meus filhos também. 

GMC: Qual o seu maior sonho? 
Meu maior sonho é que Jesus volte muito, muito logo e nos leve para o céu. E principalmente quero estar com toda minha família reunida nesse grande dia. Quero também encontrar meus muitos amiguinhos que me escrevem e alguns já marcaram encontro comigo embaixo da árvore da vida. É muito fofo!!!
 
GMC: Quem são suas inspirações na área da música? 
Como já falei anteriormente, meus pais e meu avô. Hoje posso dizer que minha maior inspiração e motivação para o trabalho são meus filhos e meu esposo. Quer coisa melhor? Família é a maior alegria!!! É tudo de bom!!!
 
GMC: Deixe um recado para os usuários do portal Gospel Music Café 
Meu recadinho é: entre achados e perdidos, sabemos que a melhor coisa a se fazer é acharmos o Grande Mestre e ficarmos grudadinho nEle o tempo todo. Só Ele nos traz alegria e prazer na vida. Sem Ele, ficamos perdidos e  nossa vida não tem sentido. Nossa  maior prova de fé é entregar tudo, mas tudo mesmo nas mãos do nosso Criador.