Home

 
 

     Release | Album | Vídeo | Contatos


Marcus Fernando, casado apaixonadamente com Carolina, pai babão de João Paulo e Rafael, Jornalista e Radialista por formação, Pastor por unção, Levita por chamado, Adorador por escolha! 

Voz de trovão! Esse é o seu apelido que seu professor e preparador vocal Isabêh o deu em seu Apê no bairro de Santa Cecília, onde ele d izia que tremia quando o chamava: "ISABÊH!!!", e entre colegas da área do Rádio e TV, em virtude de sua carreira secular. Mesmo assim, a simplicidade, alegria e o companheirismo continuam latentes em sua personalidade, sendo suas marcas registradas. 

Essas também fazem parte deste servo, de talento musical raro, ouvido absoluto – mesmo não gostando deste título, ousadia para harmonizar sem medo de gerar críticas e opiniões, porém com a certeza absoluta que tem um chamado, e desde o ventre de sua mãe foi escolhido. 

Chamado para ser usado como vaso de honra, mesmo pecador, e mudar destinos transmitindo o avivamento e invocando a presença do Espírito Santo de Deus com a alegria e compromisso, sempre teve confirmações por meio de palavras proféticas desde o ventre de sua mãe. Na primeira vez que recebeu a profecia foi na casa da irmã Luiza, de Austin-RJ, onde ainda na barriga de sua mãe, dançou quando lhe foi imposta as mãos de forma impressionante.

Perseverante em seu chamado musical, Marcus Fernando iniciou cedo em apresentações na igreja local, onde era usado, na inocência de criança para cantar e alegrar os irmãos e irmãs presentes, nas datas comemorativas ao lado de seus irmãos Débora e Paulo Fernando, com seu pai ao piano, o qual foi responsável direto no despertar da vontade de estudar piano clássico, migrando depois para o popular e jazz, onde firmou suas estacas de tendência musical. 

Filho de, hoje, Apóstolos Paulo e Leila do Ministério Frutificar, nasceu na cidade de Nova Iguaçu-RJ, mas logo se mudou para a pacata e deliciosa cidade de Mogi das Cruzes-SP em virtude dos trabalhos de seus pais. Sua mãe era corista na Igreja Batista do K11, um bairro periférico de Nova Iguaçu e depois se tornou ministra de louvor congregacional. Seu pai, ex-músico guitarrista boêmio, tocou com grandes nomes da música brasileira na Tropicália e se converteu através do seu nascimento. 

Projetado por Deus para ser um adorador, apaixonado por seu chamado e convicto que a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável, quer servir como uma labareda de avivamento nesta geração aos quatro cantos da terra.